Coluna do dia

A volta de Júlio Garcia

Depois de conversar com o governador Raimundo Colombo, na manhã de terça-feira, 7, o ex-presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia, anunciou sua aposentadoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE). O movimento tem o objetivo claro de proporcionar o retorno dele à vida política e eleitoral. Exímio articulador, o agora ex-conselheiro foi o primeiro deputado eleito por unanimidade para comandar a Alesc.

No momento, Júlio Garcia ainda não define exatamente qual será sua posição no xadrez eleitoral de 2018 em Santa Catarina, mas há indícios consistentes de que ele deve novamente disputar uma cadeira de deputado estadual.  Projeto, aliás, que tem grandes chances de êxito. O partido a que ele se filiará também ainda não parece definido, em que pese a ligação histórica de Garcia com o PSD. Se disputar a Alesc, ele se credencia não só a se eleger como um dos mais votados a estadual no próximo pleito, como também já se posicionaria para retornar à presidência da Casa. Tem excelente trânsito em várias frentes político-partidárias, independente de questões ideológicas, inclusive.

 

Novo Conselheiro

José Nei Ascari, deputado do PSD, substituirá Júlio Garcia – a quem é muito ligado – na função de conselheiro do TCE-SC. Zé Nei, como é conhecido, está no segundo mandato de estadual, função na qual se destacou, ocupando o espaço eleitoral do próprio Garcia depois de ser o chefe de gabinete da presidência na era do padrinho.

 

Número

Em 2014, Zé Nei, superou a marca de 72 mill votos e faz vistoso mandato no Parlamento Estadual. Raimundo Colombo encaminhou a indicação ainda na terça-feira à Alesc. Sem maiores sobressaltos, o plenário da Casa estava para votar ontem mesmo o nome de Ascari para o TCE. Tinha todas as condições para ser aprovado sem qualquer dificuldade.

 

Lava Jato em Chapecó

Através de iniciativa da Associação Catarinense do Ministério Público e do Observatório Social de Chapecó, o procurador da República Roberson Henrique Pozzobon – membro da força-tarefa da Lava Jato – fará palestra pública e gratuita sobre o tema “O Brasil contra a corrupção: enfrentando causas e não apenas consequências”.

A palestra será ministrada às 15 horas do dia 10 de novembro (sexta-feira) no salão nobre do Hotel Lang Palace. Para participar é necessário inscrever-se pelo site www.chapeco.osbrasil.org.br e levar um quilograma de alimento não perecível.

 

Podemos em SC

Senador Alvaro Dias, pré-candidato a presidente pelo PODEMOS, partido que está em crescimento no Brasil com propostas claras para o país, cumpre agenda em Santa Catarina nesta sexta-feira, 10 de novembro; e na próxima segunda-feira, 13.

Esta semana, Dias tem compromissos em Itajaí, onde, além de contatos políticos e com a imprensa, vai almoçar com empresários da região para debater alguns das principais questões nacionais na atualidade, como o combate à corrupção, as reformas estruturais e os caminhos que o Brasil precisa escolher para voltar a se desenvolver de forma ética e sustentável.

 

Maçonaria

Na segunda-feira, o presidenciável do PODEMOS estará em Florianópolis. Durante o dia, fará contatos políticos e conversas com lideranças empresariais. À noite, Alvaro Dias vai proferir palestra no Templo Maçônico Arte Real, localizada na Avenida Beira-Mar Norte. Abordará o tema o “Brasil que temos e o Brasil que PODEMOS ter”. Dias tem conversado em Santa Catarina com o deputado Natalino Lázare, que está sem partido e preside a Comissão de Agricultura da Alesc.