Coluna do dia

Abre mão

Ex-governador Esperidião Amin declarou ao site O Antagonista, respeitado na cobertura da política nacional, que aceita abrir mão da cabeça de chapa para fechar aliança com o tucano Paulo Bauer. Neste contexto, o nome de vice já está mapeado: deputado federal Jorge Boeira (PP), que é do Sul. Assim, ficariam contempladas as regiões Norte, Grande Florianópolis e Sul, e ainda sobraria uma vaga para o Senado.

Embora o próprio Amin já tenha declarado que o jogo de alianças costuma se definir aos 40 minutos do segundo tempo, o açodamento do processo em Santa Catarina chama a atenção.

Os principais líderes parecem se acotovelar num verdadeiro tiroteio, muitas vezes até sem direção.

O cenário só vai clarear quando e se o governador Raimundo Colombo renunciar para entregar o governo a Eduardo Pinho Moreira. Caso ele decida permanecer no cargo e não disputar o Senado (hipótese muito pouco provável), o cenário também vai clarear, mas em um tabuleiro totalmente diferente.

 

Nota nacional

Confira a íntegra da nota de O Antagonista. “Esperidião Amin, que está sendo pressionado a se lançar ao governo de Santa Catarina, como mostramos mais cedo, afirmou a O Antagonista que ele e o tucano Paulo Bauer, pré-candidato, ‘prestariam um desserviço aos eleitores se disputassem entre si’”.

 

Projeção

E segue o site que tem como um dos criadores o polêmico jornalista Diogo Mainardi. “O mais provável é que, em 2018, haja uma aliança entre os dois: “Eu não teria nenhuma dificuldade em abrir mão da cabeça de chapa.” Bauer foi vice de Amin quando o hoje deputado comandou o estado pela segunda vez.”’

 

Saúde

O deputado federal Rogério Peninha Mendonça saiu animado do Hospital Albert Einstein, após visitar o deputado estadual Aldo Schneider, que segue em tratamento de saúde na cidade de São Paulo. Em junho, Aldo foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um tumor na coluna cervical, entre a quinta e sexta vértebra.

 

Químio

Desde então, tem feito químio e radioterapia para garantir que a doença não torne a aparecer. “Fiquei muito satisfeito com o estado de saúde do Aldo. Ele está disposto, tem reagido de forma excelente ao tratamento e não vê a hora de voltar à rotina em Santa Catarina”, disse Peninha.

 

FRASE

 “A discussão sobre a defesa da soberania nacional deve começar com a seguinte pergunta: somos efetivamente um país soberano? Não. Somos um país submetido ao mercado globalizado e aos seus requintes e crueldades, que levaram milhões de pessoas à exclusão.” Décio Lima, ao lado de Roberto Requião, no lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional.

 

Presidência

Enquanto Lula da Silva nunca desceu do palanque e segue em campanha fora de época, o PSDB parece que começou a acordar para a realidade. O acordo entre Aécio Neves e Tasso Jeiressatti pode evitar fraturas que seriam insanáveis dentro da legenda. A condução de Geraldo Alckmin ao comando tucano também vai recolocar o paulista na ribalta e no controle do processo eleitoral no partido. Mas os tucanos perderam muito tempo se bicando. Resta saber se conseguirão se recuperar.