Notícias

Até o movimento social pode se transformar em turismo

Além de resultar no planejamento estratégico de gestão das 12 regiões turísticas em que é dividido o estado de Santa Catarina, o 1º Workshop de Planejamento das Instâncias de Governança Regionais, encerrado neste final de semana, na Univali, em Balneário Camboriú, sob a coordenação da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) também serviu para mostrar que a diversificação do turismo avança e o setor é terreno fértil para novas e criativas iniciativas.

É o caso do projeto do “Caminhos da Conquista”, realizado pela prefeitura de Abelardo Luz, na região Oeste, em parceria com o Sebrae, lançado Há um ano e que vem chamando a atenção pelo crescimento da visitação e servindo até como referencia nacional. A Rota Turística trabalha com pequenos agricultores e tem como diferencial a oferta de um turismo que vai além da visitação. Envolve 12 famílias e foi construída somente em propriedades de assentados contando a história do Movimento Sem Terra (MST) em Abelardo Luz resgatando e, em alguns momentos, até reconstituindo a história do Movimento, servindo também em um roteiro histórico e cultural.

Pavan avalia que o turismo regionalizado é fonte inesgotável de geração e emprego e renda,
Pavan avalia que o turismo regionalizado é fonte inesgotável de geração e emprego e renda

Na avaliação do secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, a realização do evento inédito na gestão pública estadual foi importante para comprovar que o turismo regionalizado é fonte inesgotável de geração e emprego e renda, desde que se invista cada vez mais na profissionalização do setor. “Este projeto comprova que até movimento social pode resultar em turismo. Mas se queremos um estado preparado para o turismo, temos que capacitar toda a cadeia produtiva, passando pelos setores públicos e privado e envolvendo principalmente os municípios e seus habitantes no processo” enfatiza.

FOTO – Secretário Leonel Pavan no encontro interno do SOL: profissionalização e capacitação do turismo regional. (Divulgação).