Destaques

Bauer, Colombo e Amin, a nova tríplice?

Os sorrisos e a conversa eram sobre a gravata do deputado federal Esperidião Amin (PP). Mas o entrosamento dele com o senador Paulo Bauer (PSDB) e o governador Raimundo Colombo (PSD), na noite da última quinta-feira, não passou despercebido. O encontro aconteceu durante a posse de Victor Kochella, novo presidente da Associação Joinville das Micros e Pequenas Empresas (AJORPEME), em Joinville.
Entre o público, estavam presentes os também deputados Marco Tebaldi (PSDB), Jorginho Mello (PR) e o prefeito Udo Döhler (PMDB). Inevitavelmente, ficou no ar a impressão de uma nova Tríplice Aliança para a eleição de outubro. Exatamente a chapa que Jorge Bonhausen tem articulado: Bauer ao governo com Amin e Colombo ao Senado.
Esperdião Amin, Paulo Bauer e Raimundo Colombo
Amin já foi governador por dois mandatos; Colombo está saindo do segundo mandato e Bauer já foi vice-governador – foto>divulgação
O detalhe pragmático desta costura é que nenhum dos três, que hoje são os principais eleitores de Santa Catarina, controla seus próprios partidos. O PSD, de Colombo, está sob a influência de Gelson Merisio. O PSDB, de Bauer, é comandado por Marcos Vieira; e o Progressistas, de Esperidião Amin, por deputados e prefeitos inclinados a apoiar Merisio ao governo este ano.