Coluna do dia

Fato novo

O desembargador Lédio Rosa de Andrade já foi sondado e nesta sexta-feira, 2 de fevereiro, será oficialmente convidado para filiar-se ao PT de Santa Catarina para ser o nome do partido ao governo do Estado. O deputado Décio Lima, presidente estadual do PT, formalizará o convite ao juiz.

O magistrado, que já tem tempo para pedir a aposentadoria junto ao Tribunal de Justiça, está avaliando a possibilidade ir para sua primeira experiência nas urnas. Como juiz, ele tem prazo até seis meses antes do pleito, 7 de abril de 2018, portanto, para deixar a magistratura e alistar-se ao partido.

As sondagens se iniciaram pela amizade de longa data existente entre Lédio Andrade e o ex-deputado petista Jailson Lima da Silva. Os dois são autores de um livro sobre a morte do ex-reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, que era natural de Tubarão, mesma cidade do magistrado. Cao e Lédio também foram contemporâneos.

Decepção

O desembargador passou a examinar a aposentadoria depois das eleições do Judiciário, no fim do ano passado. Ele era nome natural para assumir a presidência do TRE, mas Rodrigo Collaço, o vitorioso no TJSC, fez também um aliado seu, Ricardo Roesler,  o novo comandante da corte eleitoral. Lédio Rosa de Andrade ficou muito desgostoso com essa situação. Trata-se de um magistrado muito respeitado, com rica vida acadêmica e vida pregressa impecável. 

De frente para o desgaste

PT está desgastado. Desgastadíssimo. Ao longo da campanha deste ano, a condenação de Lula da Silva, e sua eventual prisão, vão render muito assunto e munição aos adversários dos petistas. Tem um monte de gente da cúpula petista presa, arrolada ou enrolada com corrupção. Vai ser um bombardeio impiedoso. Mesmo assim, Lédio de Andrade seria um fato novo, tendo a possibilidade de adotar o discurso de que não tem compromisso com o erro.

Desafio hercúleo

Por óbvio, as perspectivas iniciais de sucesso são reduzidas, mas é inegável que se transformaria na novidade na disputa pelo governo catarinense. Isso se ele realmente aceitar o convite depois de avaliar o quadro e o convite.

Aliás

O desembargador Lédio de Andrade,  compareceu ao evento da Fecam que aclamou Volnei Morastoni, prefeito de Itajaí, o novo comandante da entidade municipalista.  Pode ser um sinal de que o magistrado está realmente pré-disposto a encarar as urnas este ano. A conferir!

Fiscais

Presidente do Sindifisco (fiscais da Fazenda estadual), o blumenauense Fabiano Dadam lançou a pré-candidatura a deputado estadual ontem, em Florianópolis. O projeto tem apoio total do deputado estadual Gelson Merisio, presidente estadual do PSD e pré-candidato ao governo do Estado. Merisio compareceu ao evento e declarou que a aliança com o MDB se “exauriu.”

Trânsito

O coordenador da campanha será o ex-secretário da Fazenda, Antônio Gavazzoni (PSD). Sinal de habilidade de Gavazzoni, que sempre manteve excelente convivência com a categoria. Normalmente, as relações entre titulares da Fazenda e os fiscais é tensa e cheia de bolas de divididas, gerando animosidades mil. Não foi o caso com o pessedista.