NotíciasÚltimas

Governador sanciona projetos de Lázare

O auditório da Unoesc de Videira reuniu agentes políticos da região, representantes da sociedade civil organizada e servidores na noite da última quinta-feira, 21. O encontro foi promovido pelo Governo do Estado e teve a participação do deputado Natalino Lázare, presidente da Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa. O evento é o primeiro de uma série que está acontecendo em todas as 35 Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs). 

Na oportunidade, o governador Raimundo Colombo anunciou a transformação em lei de dois projetos de autoria do parlamentar já aprovados pela Alesc. São eles: a proposta que institui o Vale das Frutas na região do Meio-Oeste de Santa Catarina e também o projeto que acrescenta a palavra espumante à lei já existente que denomina a cidade de Videira como a Capital Catarinense da Uva.

“É uma noite muito especial pra mim. Assumi o compromisso de defender a nossa região e apresentar projetos, sobretudo, na área do agronegócio onde somos destaque aqui no Meio-Oeste catarinense. Ver esses dois projetos tão importantes sendo sancionados me enche de orgulho e tenho a certeza de que contribuirá e muito para o desenvolvimento econômico de toda nossa região e de Santa Catarina, celebra o deputado Natalino.

Natalino Lázare projtos
Um grande público compareceu ao auditório da Unoesc para palestra do governador

O título videirense, trata-se de uma reivindicação das vinícolas, que vêm aprimorando e ampliando a produção de espumantes de alta qualidade. Já o Vale das Frutas vai criar um selo para a região e sua produção frutícola, disponibilizando um pacote tecnológico para incentivar ainda mais o cultivo em todo o Meio-Oeste catarinense. 

SAIBA MAIS SOBRE O VALE DAS FRUTAS 

– ALTERNATIVA DE RENDA

Criar alternativas de renda para os pequenos produtores de suínos e aves afetados pela crise provocada pelo aumento do preço do milho. Este é o objetivo do projeto apresentado nesta sexta-feira às lideranças ad Amarp. Com o apoio de pesquisadores e produtores rurais, a proposta deve ser apresentada ao governador do Estado ainda neste ano.

– DETALHES

A proposta, de acordo com o parlamentar, é que os produtores que possuem áreas ociosas em suas propriedades passem a empregá-las para a produção de frutas. 

Para tanto, será disponibilizado ao agricultor um “pacote tecnológico” contendo informações como as variedades mais propícias ao clima e solo de cada região, formas de plantio e manejo, equipamentos para irrigação e proteção contra granizo e geada, já com os custos para implementação, e como acessar as linhas de crédito existentes.

Fotos>divulgação