NotíciasÚltimas

Ideli articula manifesto a favor de Lula da Silva

Depois de período de quase três anos longe de Santa Catarina e do Brasil por ter ganhado um cargo na OEA, em Washington, a ex-senadora Ideli Salvatti voltou ao cenário político. Semana passada, circulou normalmente pela Assembleia Legislativa e nesta semana já está envolvida com as movimentações petistas que tentam fazer pressão em cima do Judiciário ante a iminente confirmação da sentença de Lula da Silva, no TRF-4, em Porto Alegre, em função da condenação imposta ao ex-presidente pela primeira instância de Curitiba. Lula foi condenado a nove anos e meio de prisão no caso do tríplex do Guarujá. A assessoria de Ideli emitiu a nota abaixo. Confira:

“Reunião acontece nesta sexta-feira (19), em Florianópolis 

O Fórum de Mulheres Pela Democracia terá audiência com a juíza federal, Claudia Marcia Dadico, nesta sexta-feira(19), às 14h, na sede da Justiça Federal, em Florianópolis. 

O Fórum, que representa um coletivo de Mulheres de Santa Catarina, entregará um manifesto em Defesa do Lula e da Democracia à Justiça Federal em Santa Catarina.

O documento solicita que o ex-presidente Lula seja julgado no TRF-4 de forma isenta e justa. Outro ponto exige a anulação do processo devido a ausência de provas. 

A audiência reunirá lideranças da região, entre elas, a ex-ministra Ideli Salvatti (foto) e parlamentares. O Fórum é representado pelo Coletivo de Mulheres da CTB/SC, Coletivo de Mulheres da CUT/SC, Coletivo de Mulheres do PCdoB, Coletivo de Mulheres do PT/SC, Iniciativa Comunista Brasileira, Instituto de Estudos de Gênero da UFSC, Laboratório de Estudos de Gênero e História da UFSC, Laboratório de Relações de Gênero e Família – LABGEF/Udesc, Marcha Mundial de Mulheres – MMM, Movimento das Mulheres Trabalhadores Urbanas de SC- MMTU/SC e União Brasileiro de Mulheres – UBM.”