Destaques

Júlio Garcia de volta à política

Depois de conversar com o governador Raimundo Colombo, na manhã desta terça-feira, 7, o ex-presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia, anunciou sua aposentadoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE). O movimento tem o objetivo claro de proporcionar o retorno dele à vida política e eleitoral. Exímio articulador, o agora ex-conselheiro foi o primeiro deputado eleito por unanimidade para comandar a Alesc. 

No momento, Júlio Garcia ainda não define exatamente qual será sua posição no xadrez eleitoral de 2018 em Santa Catarina, mas há indícios consistentes de que ele deve novamente disputar uma cadeira de deputado estadual.  Projeto aliás, que tem grandes chances de êxito. O partido também ainda não parece definido, em que pese a ligação histórica de Garcia com o PSD. Se disputar a Alesc, Júlio Garcia se credencia não só a se eleger como um dos mais votados como também já se posicionaria para retornar à presidência da Casa. Tem excelente trânsito em várias frentes político-partidárias, independente de questões ideológicas, inclusive. 

José Nei Ascari

José Nei Ascari (foto interna), deputado do PSD, substituirá Júlio Garcia – a quem é muito ligado – na função de conselheiro do TCE-SC. Ele está no segundo mandato de estadual, função na qual se destacou, ocupando o espaço eleitoral do próprio Garcia depois de ser o chefe de gabinete da presidência na era do padrinho. Em 2014, Zé Nei, como é conhecido, fez 70 mil votos e faz vistoso mandato no Parlamento Estadual. Raimundo Colombo deve encaminhar o nome de José Nei Ascari para a apreciação da Assembleia ainda esta semana. Para chegar ao TCE, ele precisa da aprovação dos colegas parlamentares. 

Fotos>Ag. Alesc, divulgação