Coluna do dia

Maia conspira

Rodrigo Maia, o Botafogo da delação de Odebrecht, tem tudo para ser o próximo presidente do Brasil. Michel Temer, repetem Lula da Silva e Dilma Rousseff, está provando do próprio veneno.

Pois agora o filho de César Maia conspira contra ele. Como ele fez em relação à ex-presidente petista.

Maravilha. O país vai voltar para o atoleiro econômico. E só quem ganha é o PT. Não se espantem se sob Maia presidente o PT voltar a comandar ministérios importantes. E ocupar cargos estratégicos. A esquerda brasileira não vive sem poder, sem cargos. Eles “fazem o diabo” como disse Dilma em 2014, mas não vivem sem dinheiro público.

E vamos seguindo a pagar esta conta, enquanto Lula e seu séquito de fanáticos continuam entoando cânticos como democracia, ódio, povo, etc. e tal. Lamentável sob todos os aspectos.

 

Garantia

Esperto, Rodrigo Maia não cederá o Ministério da Fazenda, nem a Petrobrás, ao PT. Pelo menos é o que se comenta nos bastidores.

 

Tábua de salvação

A queda de Temer e a ascensão de Rodrigo Maia são a tábua de salvação do PT.

 

Posição

Deputado Gelson Merisio, atualmente o mais influente da Assembleia Legislativa, não costuma usar muito a tribuna. Mede os atos e palavras, de forma prudente. Mas nesta terça, 11, o presidente do PSD escalou a tribuna da Alesc – atitude que toma duas ou três vezes ao ano, sempre com posicionamentos de peso – com um único objetivo: defendeu a extinção das Agências de Desenvolvimento Regional (ADR’s), antigas Secretarias Regionais, criadas por Luiz Henrique da Silveira.

 

Emendas

Marco Tebaldi (PSDB) fez uma verdadeira maratona de visitas aos municípios do extremo oeste semana passada. Visitou 20 cidades e entregou emendas parlamentares para treze municípios que totalizam R$ 2,65  milhões. Ouviu reivindicações de prefeitos e prestigiou a festa do Queijo e do Vinho em Pinhalzinho.

 

Segue o baile

Depois, Tebaldi entregou emendas em  Águas de Chapecó (R$ 250 mil), São Carlos (R$150 mil), Mondaí (R$ 357mil), Iporã do Oeste (150 mil), São João do Oeste (250 mil), Descanso(R$ 200 mil) e Guaraciaba (R$ 200 mil).

 

Perspectiva

Senador Dalirio Beber avalia a possibilidade de ser candidato a deputado. Com as bênçãos do prefeito Napoleão Bernardes.

 

Baixa

Ex-prefeita de Camboriú, Luzia Coppi Mathias, do PSDB, era candidata certa a deputada estadual. Mas foi presa pelo Gaeco (já saiu do xilindró) e está fora do páreo. Os investigadores identificaram crescimento patrimonial “incompatível”.

 

Setor

Deputado Doia Guglielmi criou e lidera a frente parlamentar da Avicultura na Alesc.

 

Incomodado

Deputado de primeiro mandato, César Valduga anda incomodado com os movimentos internos da comandante do PCdoB em Santa Catarina. Angela Albino pode empurrar Valduga de candidato a federal para ela voltar a ser deputada estadual.

 

Disputa

Dos três senadores por Santa Catarina, dois trabalham forte para disputar o governo do Estado em 2018. Paulo Bauer de forma legítima. Já Dário Berger….