NotíciasÚltimas

Maldaner comenta sobre a política de reajustes da Petrobrás

Um dos assuntos que tem desagradado a população em geral é a política de reajustes da Petrobrás. Em seu programa de rádio semanal que vai ao ar em diversas rádios oestinas, o deputado federal Celso Maldaner explica que a política adotada segue os padrões internacionais, onde o reajuste é diário buscando manter a competitividade frente às variações no mercado internacional. Para o deputado a política foi adotada após a aprovação da Lei das Estatais, onde o administrador tem que ser técnico do quadro e não mais com interferências políticas, o que é muito bom para acabar com a corrupção, conforme resultado positivo já apresentado.

 Em meados de novembro, Maldaner fez um discurso na Tribuna chamando a atenção do governo federal para esta tomada de decisão que inviabiliza todos os setores, principalmente o transporte e tem desagradado muito o consumidor. “Esta política dificulta muito para a negociação de preços entre clientes e fornecedores, já que o aumento nos postos e distribuidoras é instantâneo, mas a redução quando aplicada não é imediatamente repassada aos preços. A Lei da Estatal aprovada é muito boa para acabar com a corrupção, visto o fim da interferência política, porém neste caso, vamos precisar interferir junto ao governo, com novas sugestões para o reajuste”, defendeu o deputado.

Uma das sugestões já encaminhadas ao governo pela Federação de Transportes de Cargas e Logísticas – FETRANCESC é um reequilíbrio de preço a cada seis meses, ou quando o desequilíbrio apresentar um percentual acima de 5% – como uma espécie de gatilho – que a Petrobras faça o respectivo reajuste, aumentando ou reduzindo o preço conforme o caso.