Destaques

PMDB rachado!

O site do Jornal Estado de S. Paulo está com o placar mostrando como se posicionam, até agora, os deputados em relação à proposta de Reforma da Previdência. Nota-se que o PMDB de SC está rachado (o que é um reflexo do quadro nacional). Enquanto Celso Maldaner e Valdir Colatto, dois deputados do Oeste, já avisaram que são a favor da proposta patrocinada pelo correligionário Michel Temer; Mauro Mariani, o presidente da seção estadual do Manda Brasa e pré-candidato ao governo, declarou-se contrário à peça. Outros dois peemedebistas catarinense na Câmara Federal estão na coluna do meio, a dos indecisos, muito embora Ronaldo Benedet já tenha dito, em território Barriga-Verde, que é contra  as mudanças previdenciárias.

Rogério Peninha Mendonça também aparece no espaço dos indecisos. Mas se depender da posição do amigo e presidenciável Jair Bolsonaro, o peemedebista do Alto Vale do Itajaí tende a votar contra a reforma, a orientação partidária e o próprio Planalto.

Seria a senha para confirmar o embarque de Peninha no projeto de Bolsonaro? Ele e Valdir Colatto tem namorado com o Patriotas, futuro partido do presidenciável fluminense.

Contras

Dando uma observada no placar do Estadão, percebe-se que figuras como Jair Bolsonaro, Jandira Feghali, Jean Willys e Henrique Fontana, estão todos do  mesmo lado nesta questão. Contra a Reforma da Previdência. Fica a dúvida: se Bolsonaro quer mesmo ser presidente, como pretende governar com o sistema previdenciário empurrando o país para um abismo sem fim?

Mulher

Durante a décima quarta convenção de seu partido, em Brasília, a deputada federal Geovania de Sá passou a fazer parte da executiva do PSDB Mulher nacional, como coordenadora de Comunicação Social.

A parlamentar diz sentir-se muito honrada. “Isso prova que estamos no caminho certo. É a recompensa de um trabalho desenvolvido com amor e determinação”, agradece Geovania.

Aliás

O PSDB de Santa Catarina, que saiu para a convenção falando grosso como a terceira maior delegação do país, acabou permanecendo como coadjuvante na convenção nacional do sábado. Exceção feita a Paulo Bauer, que ficou como um dos seis vices, função que fica abaixo do presidente e dos dois primeiros vices.

Convalescendo

Deputado Aldo Schneider (PMDB), que está mapeado para assumir a presidência da Alesc em fevereiro, recebeu a visita do chefe de gabinete, Jerry Comper, e se mostrou animado com a recuperação após delicada cirurgia na coluna. O acordo político firmado no Parlamento estadual diz que o peemedebista assumirá a presidência no vácuo da renúncia de Silvio Dreveck (PP).

FRASE

“Os resultados estão sendo muito satisfatórios em relação ao tratamento, estou muito confiante e pronto para seguir com o projeto político planejado por todos os companheiros do PMDB.” Aldo Schneider, vice-presidente da Alesc.