Destaques

PP: Silvio não aceita dividir mandato com Amin

O deputado federal Esperidião Amin, que ainda preside o diretório estadual do PP, e o presidente da Assembleia Legislativa, Silvio Dreveck, sentaram para conversar na manhã desta segunda-feira, 21.

Pauta única no encontro: a eleição para o comando do partido no Estado, marcada para a noite de hoje. Já antevendo que não talvez não tenha os votos suficientes para vencer a convenção estadual, Amin propôs uma saída salomônica na tentativa de evitar o confronto: dividir a presidência estadual do PP catarinense. O próprio ex-governador permaneceria até março de 2018 na proa do partido e depois entregaria o timão ao correligionário Dreveck.

Seguro acerca da possibilidade de vitória, o presidente da Alesc não aceitou o arranjo. Informou a Amin que pretende bater chapa, o que é perfeitamente legítimo até pela condição de liderança estadual que o ex-prefeito de São Bento do Sul conquistou. Dreveck também informou ao colega de partido que pretende, caso vença o pleito interno, definir ainda nesta segunda a composição da nova Executiva estadual. E a cereja do bolo: caso este encaminhamento se confirme logo mais, o caminho fica livre para Gelson Merisio receber o apoio antecipado de mais um partido no contexto de seu projeto estadual (já conta com o PSB). O anúncio poderá ser feito ao final do evento pepista. 

Foto>montagem, arte, Diário do Iguaçu, arquivo, reprodução