NotíciasÚltimas

Presidente do Sindifisco lança pré-candidatura

Uma das categorias profissionais mais organizadas de Santa Catarina, o Sindicato dos Fiscais da Fazenda do Estado de Santa Catarina lançou, nesta quinta-feira, a pré-candidatura de mais um representante da classe para deputado estadual. O nome escolhido é o de Fabiano Dadam Nau, atual presidente do Sindifisco-SC, que irá se candidatar pelo PSB.

A atuação organizada já levou à eleição de outros quatro parlamentares ao longo da história do Sindifisco, fundado em 1988 e, nessa semana, recebeu o reforço do deputado Gelson Merisio, presidente estadual do PSD e pré-candidato ao governo do Estado.

Outro reforço que ajudará a construção da candidatura de Fabiano Dadam pelo PSB é o advogado e ex-secretário da Fazenda Antonio Gavazzoni, que será o coordenador da campanha. Ele também falou no encontrou que lançou o pré-candidato.

“O estado e o país precisam nesse ano de 2018 de homens corajosos, do envolvimento de pessoas de bem com a política”, disse Gavazzoni.

CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

Merece registro o fato de Gavazzoni, que ficou por tantos aos como secretário da Fazenda, estar coordenando a campanha de Dadam. Normalmente, os titulares da Fazenda têm a missão de bater de frente, questionar e tentar “enquadrar” os fiscais, o que não raras vezes gera animosidade e inimizade. Coordenar a campanha do presidente do Sindifisco ilustra bem a habilidade pessoal e política de Gavazzoni, que sempre manteve relacionamento de alto nível com a categoria.

FIM DA ALIANÇA

A presença de Gelson Merisio no evento também é uma demonstração de força de Dadam. A deferência do pré-candidato a governador sinaliza, ainda, que Merisio, se vencer o pleito majoritário, pretende dar atenção especial à arrecadação. Em sua fala, ele refirmou que a Segurança Pública será uma das prioridades em caso de êxito. E que ali na reunião estavam as pessoas-chave para investir mais nesta área, mediante o incremento da arrecadação de impostos.

Merisio também falou politicamente. Enfatizou que não há mais como manter a aliança com o MDB. “A aliança se exauriu depois de tantos anos”, cravou ele, salientando que cada partido agora seguirá seu caminho.

DESAFIOS E CORAGEM

Gelson Merisio destacou, ainda, que o próximo governador de Santa Catarina precisará de coragem para enfrentar três grandes problemas. O rombo da Invesc, o rombo das letras dos precatórios do Tesouro emitidos no governo Paulo Afonso, e o rombo dos precatórios judiciais que estão vencidos. Junto, o trio de rombos forma um abismo bilionário que pode inviabilizar o caixa do Estado.

Fabiano Dadam - lançamento