Destaques

PSD, PP e PSB: a consolidação da nova tríplice

Nesta quinta-feira, 31, o presidente da Assembleia, deputado Silvio Dreveck (PP), e o pré-candidato do PSD ao governo, Gelson Merisio, lideram reunião política no Planalto Norte. Será no começo da tarde, em Campo Alegre, para onde convergirão prefeitos, vereadores, secretários e lideranças de PSD, PP e do PSB de Paulo Bornhausen. Desde a segunda-feira, quando o encontro foi em Tubarão, também canalizando expoentes das três legendas de toda a região, os eventos políticos serão realizados em conjunto pelo trio de partidos.

A ordem é uma só. Consolidar o  mais rapidamente possível esta tríplice aliança, já envolvendo as figuras regionais de cada sigla. Ou seja, este é um processo sem volta. Em relação a PSD e PMDB juntos em 2018 na eleição, Inês é morta.

Raimundo Colombo ainda afaga o PMDB, via Udo Döhler, sob a ótica da preocupação administrativa, visando a preservar a governabilidade e os votos na Alesc.

Resta agora saber para onde vai o PSDB Barriga-Verde. Se fecha com esta nova tríplice aliança, que vai se consolidando mais de um ano antes do pleito; se estará com o PMDB ou se partirá para projeto próprio em 2018.

Espaço

Caso os tucanos optem pelo casamento com o PMDB, eles não terão a cabeça de chapa. O Manda Brasa não ficará a terceira eleição estadual consecutiva sem apresentar candidato a governador. Já abriu mão em 2010 e 2014 em favor de Colombo.

Geografia

Merisio e Dreveck reúnem seus apoiadores nesta quinta bem no Planalto Norte, base política do presidente da Alesc. O parlamentar já foi prefeito de São Bento do Sul por duas vezes. Por ali, também transitam com desenvoltura dois potenciais adversários: Mauro Mariani e Udo Döhler.

No Norte

Gelson Merisio aproveita a agenda em São Bento na quinta para também dar uma atenção a Joinville. Na sexta-feira, o pré-candidato participa da Feira do Empreendedor e tem encontro marcado com grupos de terceira idade. Articulando sem parar, Merisio vai abrindo frentes importantes. Inclusive no quintal dos adversários.

Moradores de rua

Nem bem assumiu a cadeira de Gean Loureiro (PMDB) na prefeitura, João Batista Nunes (PSDB_ capitaneou diversas reuniões para enfrentar a séria questão dos moradores de rua em Florianópolis. Em duas oportunidades esteve com representantes do Movimento Nacional da População de Rua (MNPR) ouvindo as demandas, além do promotor Daniel Paladino, do fundador do IVG (Instituto Vilson Groh), padre Vilson Groh e técnicos da assistência social.

Calendário

Ficaram definidas reuniões semanais comandadas por Batista Nunes e a realização de um mutirão para cadastramento, além da oferta de diversos serviços para a população de rua.

JBS no Sul

O anúncio de que a JBS decidiu fechar a unidade de alimentos em Morro Grande, no Sul do Estado, agitou o meio político da região. Esta semana, vários deputados e prefeitos, em agenda organizada pelo líder da bancada tucana na Assembleia, Doia Guglielmi, foram recebidos pelo vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, que tem base em Criciúma. Em suma, os políticos vão tentar convencer a companhia a postergar o fechamento da unidade, previsto para 1 de novembro. Querem pelo menos mais 120 dias para que se encontre uma alternativa ao fechamento.

Foto>PP-SC, divulgação