NotíciasÚltimas

PT-SC lamenta morte de Eurides Mescolotto

Direção do PT-SC está comunicando o falecimento, vítima de um câncer, de Eurides Mescolotto, ocorrido nesta madrugada. O velório está ocorrendo no Jardim da Paz, em Florianópolis. No fim da tarde de hoje, o corpo será cremado em Palhoça.

Mescolotto foi o primerio candidato do PT ao governo catarinense, lá em 1982, quando ainda era casado com a então sindicalista Ideli Salvatti. Ele também foi presidente do PT Barriga-Verde e no governo Lula foi presidente do Besc e da Eletrosul.

Mescolotto e Ideli são paulistas. Chegaram a Santa Catarina, por Joinville, no final da década de 1970. Para o acolhimento político do ex-sindicalistas na cidade catarinense, houve uma conversa entre Lula da Silva e o então prefeito joinvilense, Pedro Ivo Campos.

Confira a nota oficial do partido sobre o falecimento:

“Hoje é um dia triste para o Partido dos Trabalhadores! Nosso companheiro, meu amigo Eurides Mescolotto faleceu vítima de câncer, aos 67 anos. 
Foi fundador do PT Nacional (grupo dos 113)  e oriundo do movimento sindical, Mescolotto foi o primeiro candidato do partido ao governo de Santa Catarina, em 1982. Em 2003, com a posse de Luiz Inácio Lula da Silva como presidente da República, assumiu a presidência do Banco do Estado de Santa Catarina (Besc), onde evitou a privatização, uma vez que o presidente Lula federalizou a instituição.
Deixou a presidência da instituição, para assumir a presidência da Eletrosul,  que presidiu durante sete anos.
Guerreiro de luta foi casado com a ex-ministra Ideli Salvatti, onde vieram do movimento pastoral de Curitiba organizar o PT em SC, onde tive a oportunidade de conhecê-los e juntos defender a luta de classe.
Que a sua força e resistência nos ajudem a enfrentar este momento duro que o país vive.
Aos familiares, Ideli, Filipe, Nana, Eliane, Solange, Tiago, Luiza e seus netos os meus mais sinceros sentimentos de pêsames!
Mescolotto Presente!
Decio Lima
Deputado Federal
Presidente do PT”