Notícias

Servidores fazem ato contra a Reforma da Previdência

Deputados federais e outras pessoas que transitaram pelo Aeroporto Internacional Hercílio Luz na manhã de terça-feira se depararam com uma manifestação contra a Reforma da Previdência. Cerca de 80 servidores da segurança pública e outras categorias ficaram reunidos no saguão do aeroporto fazendo barulho com apitos, distribuindo adesivos, mostrando faixas, cartazes e gritando “Se votar, não vai voltar”, demonstrando que os parlamentares que votarem a favor da reforma não serão eleitos novamente. 

PEC 287 2

O ato foi organizado pelo SINPRF/SC (Sindicato dos Policiais e Servidores da Polícia Rodoviária Federal no Estado de Santa Catarina) em conjunto com a União dos Policiais do Brasil (UBP). Também participaram o SINPOL, SINPOFESC, APRASC e SINDFISCO e ANFFA Sindical. Os participantes chegaram ao local às 6h30. O objetivo era abordar os deputados que embarcavam rumo a Brasília. 

Durante a manifestação, passaram pelo aeroporto os Deputados Esperidião Amin, Cesar Souza, Mauro Mariani, João Paulo Kleinübing e Celso Maldaner. Com exceção de Cesar Souza, os  parlamentares foram abordados pelos participantes que pediram um posicionamento contrário à PEC 287. 

“Estamos em uma semana decisiva. O Governo Federal está fazendo de tudo para conseguir o número de votos necessário e aprovar a reforma previdenciária ainda este ano. Nosso foco agora é convencer os deputados a votarem contra essa medida”, ressalta o Presidente Paulo Sérgio Machado.