Tag

PT

Rio de Janeiro- RJ- Brasil- 27/02/2016- O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve da festa de 36 anos do Partido dos Trabalhadores, no Rio de Janeiro, neste sábado (27). A festa contou com a apresentação de Diogo Nogueira e a bateria da Portela, além de homenagem especial ao ex-presidente, a quem foi dedicada a música “Ser Humano”, de Zeca Pagodinho.
Houve ainda homenagem a Carlos Manoel, ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro e secretário de finanças do PT fluminense, falecido na última terça-feira (23).

Em mensagem aos militantes, Lula reafirmou que é necessário defender e ajudar o governo federal a retomar um ciclo de crescimento com inclusão social. “O problema é nosso. É meu, é seu, e todos os brasileiros. Temos de assumir essa responsabilidade. Falar o que tem de falar, porque partido não precisa concordar sempre com governo. Mas saber que estamos juntos. Por mais que haja discordância de alguma coisa, o lado da Dilma é o do povo”, ressaltou o ex-presidente, saudado com gritos de: “não vai ter golpe”.

“O povo brasileiro quer emprego, salário, inflação baixa e ter um dinheirinho pra gastar com a família. E nós estamos vivendo um momento difícil. A culpa não é do governo, é de uma conjuntura mundial”, ponderou Lula. “O povo sabe que foi o PT que levou a tantas conquistas na última década. Foi o projeto que mais investiu em educação, que mais pôs comida na mesa do povo, que fez 40 milhões ascenderem socialmente, levou energia a 12 milhões de brasileiros”, relembrou.

O ex-presidente afirmou ainda que, para sair da conjuntura de crise, “temos de olhar ainda mais para o povo pobre. O pobre não é problema. É solução. Se o mundo rico tivesse feito desde 2007 investimentos para ajudar os países pobres a se desenvolver, estariam vendendo para o continente africano, para a america latina, e a gente teria deixado de ser pobres. Mas colocaram 12 bilhões de dólares para salvar o mercado financeiro, e não adiantou”.

Campanha de difamação e 2018

Lula falou ainda sobre a campanha empreendida por parte da mídia e setores do judiciário contra o PT e a honra do próprio ex-presidente. “Não podemos criminalizar qualquer pessoa que seja por causa de manchetes. Hoje, neste país, há um partido que se chama Globo, um partido que se chama Veja. Mas se eles quiserem voltar ao poder, tem de aprender a ser democráticos e respeitar os resultados das eleições”. Lula, que relatou os ataques diários sofridos por ele desde janeiro do ano passado, garantiu que não se intimidará. “se for necessário, se vocês entenderem necessário para defender este projeto, que está sob ataque, em 2018, eu, com 72 anos, volto a disputar a eleição”.

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
Destaques

Os discursos do PT se tornaram ainda mais agudos, no sentido de se vitimizar e culpar os outros pelo desastre para o qual encaminharam o Brasil, depois da condenação exemplar…

Read More
Ana Paula Lima PT Blumenau
NotíciasÚltimas

Mais de 500 pessoas acompanharam  a posse da deputada Ana Paula Lima como nova presidente do PT de Blumenau, além da executiva e diretório do partido. Lideranças políticas, sindicais e…

Read More
Dário Berger e Eduardo Moreira
Destaques

Lideranças do PSD, PSDB, PP e do PT de Santa Catarina estão vibrando desde o último fim de semana. Comemoram a rota de colisão deveras sinuosa que se estabeleceu entre…

Read More
Temer, Lula e Dilma
Destaques

O espetáculo de horrores segue firme na política nacional. A Revista Época, do Grupo Globo, de fim de semana trouxe entrevista com um dos principais mafiosos do país no século…

Read More
Siglas
Destaques

Analistas de plantão projetam que a linha de corte em relação às eleições do ano que vem será o envolvimento “escancarado” de políticos na Lava Jato. Quem estiver fora das…

Read More
Temer, Lula e Aécio
Destaques

Em poucas horas, entre o fim da tarde de sexta-feira e o sábado de manhã, as redes sociais e os grupos de whats foram invadidos por notícias que atingiram em…

Read More
BNDES
Destaques

Enquanto a imprensa nacional se apressou em colocar em destaque o acordo de leniência (a delação premiada versão pessoa jurídica) da J&F, com multa de R$ 10,3 bilhões a serem…

Read More
Deputados do partido decidiram que não farão qualquer acordo em torno de pleito indireto
Destaques

Na reunião da bancada do PT  na Câmara dos Deputados, afastou-se qualquer possibilidade de um acordo para eleições indiretas, inclusive, a bancada do PT na Câmara fará uma proposta de…

Read More
Aécio Neves e Lula da Silva
Destaques

Golpe verdadeiro Enquanto Michel Temer atua fortemente para tornar a Lava Jato anêmica, diminuindo o Orçamento da Polícia Federal em 40% e cortando de nove para apenas quatro o número…

Read More
Doia - Comissao
NotíciasÚltimas

Os votos contrários dos deputados do PSDB  ( junto com a do PT) na Alesc, contra a aprovação , respectivamente,  dos projetos do governo do  Marco Regulatório das Parcerias Público…

Read More