Notícias

Breve perfil do novo senador catarinense

Aos 66 anos, o advogado e empresário Dalírio José Beber (PSDB) assumiu nesta terça-feira (19), a cadeira do ex-senador, Luiz Henrique da Silveira (PMDB) no Senado Federal. Massarandubense, aos 19 anos escolheu Blumenau para viver e se mudou em busca de oportunidades. Formou-se em Direito e conheceu a vida pública como office-boy em uma diretoria da prefeitura de Blumenau. Passou mandatos sucessivos como servidor e cresceu, chegando a ocupar diretorias e secretarias. Em 1989 foi um dos fundadores do PSDB em Santa Catarina.

dalírio juramentoATUAÇÃO NOS BASTIDORES 

Ajudou a difundir o partido no Estado, teve vários cargos de diretoria até chegar à presidência estadual da sigla, em 2003. No governo do Estado foi presidente da Agência de Fomento de Santa Catarina(Badesc) e da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan). Ocupava o cargo de presidente de honra dos tucanos catarinenses.
Dalírio Beber não é exatamente um rosto conhecido da maior parte dos eleitores. Concorreu duas vezes. Em 1996 perdeu a prefeitura de Blumenau para Décio Lima (PT) e em 1998 ficou apenas com a suplência de deputado estadual. Mas se engana quem imagina que a participação dele é pequena: ele se fortalece como um homem de bastidores. Um de seus pupilos mais ilustres é o jovem prefeito Napoleão Bernardes, 32 anos, que foi acolhido por ele no PSDB de Blumenau ainda adolescente e que tem em Beber uma espécie de mentor.

Referência na articulação
Foi convidado por Luiz Henrique para a posição de suplente muito pelo apreço do peemedebista ao trabalho de articulação de Beber, um dos responsáveis por convencer o PSDB a compor a tríplice aliança que o levou ao primeiro mandato de governador.

Foto: Ag. Senado, divulgação