Coluna do dia

Grubba deixa Segurança após 7 anos

O secretário de Segurança Pública do Estado, Cesar Grubba, aceitou o desafio e vai entrar na disputa eleitoral. Depois de almoçar, esta semana, com Gelson Merisio, ele decidiu que concorrerá a deputado federal. Vai deixar o governo depois de sete anos à frente da SSP e filiar-se ao PSD.

Além de a gestão Raimundo Colombo encontrar-se em seu epílogo, Grubba também está motivado pelo fato de não ter entrado na disputa do Ministério Público, que acabou levando o procurador Sidney Dalabrida à mais recente vaga de desembargador. Dalabrida encabeçou a lista tríplice definida pelo próprio Tribunal de Justiça e foi nomeado em 23 de outubro do ano passado pelo governador.  O secretário de Segurança é promotor de Justiça. O filho de Grubba foi candidato a vereador nas eleições de 2016, mas não se elegeu.

 

Tripé

Além do ex-presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina (Adepol-SC), Ulisses Gabriel, que já anunciou sua pré-candidatura a deputado estadual pelo PSD e conta com o apoio do ex-senador Geraldo Althoff, pela região de Tubarão; o partido tem outros dois nomes praticamente confirmados na corrida à Assembleia: o Defensor Público-Geral, Ralf Zimmer Junior, e o atual Comandante Geral da Polícia Militar, coronel Paulo Henrique Hemm. Os dois acertaram os ponteiros com o presidente pessedista e pré-candidato a governador, Gelson Merisio. A dupla terá deixar que seus respectivos cargos.

 

Baixinho

Senador Romário, cotado para disputar o governo do Rio de Janeiro, mas que deve disputar a presidência da CBF, está em Florianópolis. Chegou sexta-feira, quando concedeu coletiva de imprensa. Tratou das projeções para comandar a entidade máxima do futebol brasileiro e também das ações sociais que o trouxeram à Ilha de Santa Catarina. No sábado, o baixinho participa de um jogo de futevôlei (em Jurerê) e no domingo de uma partida beneficente de futebol no Porto da Lagoa. Romário também é lembrado para a disputa do governo do Rio de Janeiro.

 

Maia em SC

O governador Raimundo Colombo recebeu o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, na Casa d’Agronômica nesta quinta-feira. A reforma da previdência foi o principal tema da reunião em Florianópolis. O presidente da Câmara afirmou que visitará também outros governadores para defender a urgência na aprovação da reforma.

 

FRASE

“Este é um tema urgente, fundamental e difícil e chegamos à conclusão de que é preciso dialogar com os governadores para termos uma agenda em comum que inclua este e outros temas de interesse nacional. O objetivo é construir soluções para termos menos despesas e mais receitas para investimentos.” Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, sobre a Reforma da Previdência.

 

Apoio

Raimundo Colombo manifestou a Maia seu apoio à proposta de Reforma da Previdência. O governador lembrou que Santa Catarina já começou a reforma da previdência estadual, o que foi fundamental para o equilíbrio das contas públicas do Estado. “Temos que ter a coragem, mesmo que impopular, de enfrentar os problemas que estão prejudicando o desenvolvimento do país. O desequilíbrio fiscal é um dos problemas mais graves que temos agora e precisa ser enfrentado”, acrescentou Colombo.

 

Testemunhas

O deputado federal Heráclito de Sousa Fortes e o ex-governador e ex-senador Jorge Bornhausen também acompanharam o encontro entre Maia e Colombo.