Destaques

Grubba deixa Segurança após 7 anos

O secretário de Segurança Pública do Estado, Cesar Grubba (foto), aceitou o desafio e vai entrar na disputa eleitoral. Depois de almoçar, esta semana, com Gelson Merisio, ele decidiu que concorrerá a deputado federal. Vai deixar o governo depois de sete anos à frente da SSP e filiar-se ao PSD.

Além de a gestão Raimundo Colombo encontrar-se em seu epílogo, Grubba também está motivado pelo fato de não ter entrado na lista sêxtupla do Ministério Público que acabou levando o procurador Sidney Dalabrida à mais recente vaga de desembargador. Dalabrida encabeçou a lista tríplice definida pelo próprio Tribunal de Justiça e foi nomeado em 23 de outubro do ano passado pelo governador.  O secretário de Segurança é promotor de Justiça, mas embora desejasse, acabou ficando fora desta disputa para integrar o TJ. O filho de Grubba foi candidato a vereador nas eleições de 2016, mas não se elegeu.

Tripé

Além do presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina (Adepol-SC), Ulisses Gabriel, que já anunciou sua pré-candidatura a deputado estadual pelo PSD, o partido tem outros dois nomes já praticamente confirmados para a disputa do pleito a deputado estadual. O ex-senador Geraldo Althoff, pela região de Tubarão; e o Defensor Público-Geral, Ralf Zimmer Junior. Os dois acertaram os ponteiros com o presidente pessedista e pré-candidato a governador, Gelson Merisio. Zimmer também terá que deixar o comando da Defensoria para habilitar-se à disputa.